• Cabeçalho

Voluntariado Hospitaleiro

Voluntariado Hospitaleiro na Casa Saúde do Espírito Santo


O Voluntariado Hospitaleiro (PRO 08.04) é transversal às várias áreas de intervenção no serviço às pessoas assistidas, na Casa de Saúde do Espírito Santo (CSES), sediada na Ilha Terceira, Açores, tem na sua génese o Modelo Assistencial Hospitaleiro, posto em prática através de uma intervenção interdisciplinar. 

A Equipa do Voluntariado é constituída pela Coordenadora, a Irmã Maria da Graça Carreira e por 14 Voluntários, perfazendo um total de 15 elementos. É de salientar que, 3 Voluntárias estão na instituição há mais de 25 anos, consecutivos.


O Voluntário Hospitaleiro é:

  • Uma pessoa que se compromete LIVREMENTE
  • De forma GRATUITA e RESPONSÁVEL
  • Para colaborar na ATENÇÃO INTEGRAL às pessoas assistidas, destinatários da missão hospitaleira
  • Através de uma atuação ORGANIZADA
  • Realizada em EQUIPA
  • Fazendo parte da COMUNIDADE HOSPITALEIRA
  • E sendo sinal e fermento de VALORES de uma sociedade ativa, humana e fraterna.

O Serviço de Voluntariado


O Serviço de Voluntariado está enquadrado na estrutura da CSES como um Serviço entre outros. O modelo de gestão do Voluntariado está descrito sobre a forma de processo, compromissos institucionais/políticas e documentos estruturantes como, por exemplo, o Guia do Voluntário Hospitaleiro. Rege-se segundo os requisitos do sistema de gestão da qualidade do Instituto e centros, certificados pelo modelo EQUASS - European Qua-lity in Social Services e com o Selo de Qualidade Join4ChangeR. Desta forma, a ação voluntária pode evidenciar a sua contribuição para a promoção da saúde, a melhoria da qualidade de vida das pessoas assistidas e seus familiares, a humanização da assistência e o envolvimento da sociedade civil na missão da Instituição. O Serviço de Voluntariado Hospitaleiro da CSES elabora, cada ano, o seu Plano de Gestão (MOD 103 04), com a colaboração e envolvimento dos elementos da Equipa do voluntariado, tendo em conta os Princípios e Valores Hospitaleiros emanados do Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus (IIHSCJ), bem como, os Critérios da Certificação da Qualidade EQUASS e da Certificação específica do Voluntariado Hospitaleiro, designada por Selo de Qualidade Join4Change, grau de excelência, com data de 20 de Julho de 2017.

Assim sendo, a Equipa do Voluntariado da CSES percorre, passo a passo, o caminho da gratuidade e da solidariedade comprometida no Processo de Melhoria Contínua, seguindo o “imperativo carismático: “Praticai a hospitalidade” (Rm 12,13), tal como nos recomenda o Documento do XXI Capítulo Geral da Congregação, realizado em 2018, que nos orientará no próximo sexénio. 

Os Voluntários Hospitaleiros procuram viver a sua dedicação, gratuita e comprometida no serviço às pessoas assistidas, na CSES, sendo corresponsáveis na mesma missão: “Vai e faz tu também o mesmo” (Lc 10,37), pois o centro da missão partilhada em Hospitalidade é a pessoa assistida. 

Cada Voluntário tem um Projeto, com objetivos e metas delineadas, onde estão espelhadas as atividades que realizam com as pessoas assistidas, sempre com respeito pela sua dignidade e direitos, através de uma assistência integral: bio-psico-social, emocional, espiritual e religiosa. 

Assim sendo, o Voluntariado Hospitaleiro integra-se plenamente no Modelo Assistencial Hospitaleiro, reforçando a atenção hospitaleira baseada nos princípios de gratuidade e solidariedade.

A presença dos Voluntários, na CSES, constitui uma mais-valia para as pessoas assistidas e para os outros elementos da Comunidade Hospitaleira, da qual fazem parte integrante, contribuindo para o aprofundamento e consolidação dos laços que unem os vários membros desta Comunidade, mediante um compromisso responsável, criativo, constante e generoso em pleno exercício da cidadania ativa.

O Voluntário Hospitaleiro oferece o melhor de si mesmo: a sua pessoa, as suas qualidades, potencialidades, dons, humanidade, o seu tempo e, sobretudo, a sua presença amiga, desenvolvendo a sabedoria do saber dar-se, gratuitamente, às pessoas assistidas, através do carinho, do afeto e de pequenos-grandes gestos e atitudes que marcam a diferença nas suas vidas. Atualmente, os Voluntários desenvolvem atividades nas seguintes áreas:

- Acompanhamento: acolhimento, escuta ativa/diálogo, relação de ajuda, orientação espacio-temporal das pessoas assistidas;

- Apoio na alimentação e mobilidade, estimulação do auto cuidado;

- Lazer e tempos livres: jogos, passeios, lanches convívio, ocupação dos tempos livres, apoio na deslocação e orientação das pessoas assistidas para

sessões de Tai Chi Chuan, cuja responsabilidade está a cargo a Coordenadora do Serviço de Voluntariado;

-Ocupacionais e de expressão: desenho, pintura, alfabetização: escrita, leitura, álgebra; canto, trabalhos manuais, expressão recreativa;

-Socialização: colaboração nas atividades dinamizadas na CSES e na comunidade envolvente: visitas abertas e solidárias, festas, lanches solidários,

participação em campanhas benéficas e em outros eventos;

- Animação musical e dinamização: apoio e dinamização nas celebrações religiosas, recreativas e outros eventos realizados na CSES e na comunidade

envolvente, sempre que seja viável;

- Pastoral da Saúde: cuidados espirituais e religiosos: colaboração na Equipa de Pastoral, através da dinamização do Grupo de Animação Litúrgica

da CSES, canto na liturgia, apoio nas festas e solenidades religiosas, acompanhamento dos utentes à Eucaristia e outras atividades pastorais;

- Participação nos Questionários de Avaliação do Grau de Satisfação dos Voluntários (MOD 65 05) e nos Questionários de Avaliação Técnica do

Voluntariado/Medição do Impacto Voluntariado na Instituição; 

- Participação em Ações de Formação: Formação Inicial (Formar-Voluntariamente) e Formação Contínua, promovidas pelo Serviço de

Voluntariado, pela CSES, entre outras … Os Voluntários têm acesso ao Certificado da Formação.


No exercício das suas funções/atividades os Voluntários interagem com a Equipa Terapêutica e com outros membros da Comunidade Hospitaleira, sempre em prol do bem estar e qualidade de vida das pessoas assistidas, pois tal como nos exortava S. Bento Menni, Fundador da Congregação e primeiro Voluntário Hospitaleiro, o mais importante é “Fazer o bem, bem feito” aos doentes, pois “uma pessoa vale mais que o mundo inteiro” (C.144).

Nesta dinâmica proactiva, os Voluntários, conjuntamente, com a Coordenadora do Serviço de Voluntariado colaboram, também, no Processo de Avaliação Técnica do Voluntariado, exigência da Certificação da Join4chnche, supra citada, seguindo sempre as diretrizes provenientes da Sede do Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus.

Aos Voluntários Hospitaleiros, por sua vez, são garantidos, pela Instituição, todos os direitos, entre outros, seguro, no tempo em que desenvolvem as suas atividades, a favor das pessoas assistidas na CSES. Os mesmos beneficiam, também, da Política de Reconhecimento da Instituição direcionada aos Voluntários (COM 06 01).


Ser Voluntário é derramar perfume na vida de quem sofre!


Precisamos de Voluntários!
Inscrições abertas:
Responsável: Ir. Maria da Graça Carreira.
Tm: 961 693 916
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 


 

                  

 

JoomlaXTC News - Copyright Monev Software LLC

© Copyright 2020, Irmãs Hospitaleiras. Todos os direitos reservados.